Artigos

Os desafios da Pandemia da Covid-19

por Padre Dinamar Gomes Pinto - Pároco

A pandemia mundial do novo Coronavírus nos privou de muitas maravilhas, dentre elas, as missas presenciais, os encontros das pastorais, grupos, louvores, abraços… E pior, colocou-nos em uma situação desoladora frente a letalidade da Covid-19. As redes sociais têm sido, no momento, ferramentas indispensáveis. Os conteúdos tanto no Instagram, Facebook e YouTube tem minha aprovação junto com a Pascom. Lembrando que a Igreja tem sua fundamentação bíblica e evangélica no Amor a Deus e ao próximo e também à Criação (Mandato Evangélico, isto é, Jesus no manda, ordena), ou seja, o Senhor Jesus veio pra nos salvar e a salvação perpassa pela realidade política, social, cultural, antropológica, humana, dentre outras. O plano salvífico é sempre vinculado à realidade e nunca fora dela. Por isso, a Igreja tem uma catequese renovada (desde a década de 1970): fé e vida, ora-ação (pé no chão), em saída, missionária. O atual momento é também de informações, porque por meio delas se conscientiza, instiga, previne, leva a refletir e a reflexão nos ajuda no combate e na proliferação do vírus. Toda essa crise gerada pela pandemia, infelizmente, não nos permite ter o luxo de fechar os olhos à realidade, porque o Coronavírus mata e corremos o risco de fechar os olhos para sempre ou ver muitas pessoas queridas partirem. Sem contar que a indiferença, como diz o papa Francisco, “é a pior forma de pandemia” e evangelizar com o olhar e lucidez de consciência é o papel do cristão de verdade. Neste sentido, consiste a missão desta Paróquia em comunhão com a Arquidiocese de Belo Horizonte, vinculada à realidade e atualizada em seu tempo. Obrigado por nos acompanhar.

Deus abençoe sempre você e sua família também!

Padre Dinamar Gomes Pinto

Pároco

Compartilhe: